Carregando Eventos

« Todos Eventos

  • Este evento já passou.

Lançamento do game The Medium

10 de dezembro de 2020

the medium it came from the rage

Tokyo Game Show 2020 (TGS 2020) já acabou tem tempo, mas gostei do trailer assustador de Medium, game de horror psicológico, desenvolvido pela Bloober Team (Layers of Fear, Blair Witch) e com previsão de lançamento para Xbox Series X/S e PC no fim do ano em 10 de dezembro.

O sombrio trailer fala de alguns sentimentos negativos como tristeza, raiva, vergonha que na vida real, pela escala do Dr. David Hawkins possuem vibrações baixíssimas, de 150 hertz para baixo, que nos mantém longe da vibração de uma vida plena, abundante e feliz, mas essa é outra história.

Gostei do paralelo com os sentimentos e quero ver como o jogo vai explorar isso. A animação Divertidamente foi muito feliz nesse intendo, agora quero ver essa exploração nesse game aterrorizante.

Confira o trailer de Medium da TGS 2020

No trailer fica claro que somos a protagonista Marianne, que está entre dois mundos. Também vemos Sadness, a garota assustadora de máscara, e o antagonista é a entidade The Maw, dublada pelo ator Troy Baker que já fez dublagens em outros jogos como Marvel Avengers (Bruce Banner), The Last of US: Part II (Joel), Death Stranding (Higgs Monaghan) e Darksiders Genesis (Abaddon). O ator também fez dublagens em animes como Baki (Baki/Baki Hanma) e Code Geass: Fukkatsu No Lelouch (Schneizel el Britannia), Code Geass é muito bom diga-se de passagem.

Descubra um mistério sombrio que só um médium pode resolver. Explore o mundo real e o mundo espiritual ao mesmo tempo.

Use suas habilidades psíquicas para resolver quebra-cabeças que abrangem os dois mundos, descobrir segredos profundamente perturbadores e sobreviver a encontros com The Maw – um monstro nascido de uma tragédia indescritível.

The Medium é um jogo de terror psicológico em terceira pessoa que apresenta uma jogabilidade de realidade dupla patenteada e uma trilha sonora original composta por Arkadiusz Reikowski e Akira Yamaoka .Medium (Site Oficial)

Música

Silent Hill X The Medium

Como The Medium se passa em dois mundos com recursos de divisão da realidade a comparação com Silent Hill foi feita e não é só isso que The Medium tem em comum com Silent Hill. Um dos compositores do novo game é Akira Yamaoka, cuja música você ouviu mais acima, e sim Akira também estava no Silent Hill.

“The Medium é um jogo fortemente conectado com Silent Hill”, disse Reikowski, “e eu próprio fui fortemente influenciado por Akira Yamaoka quando comecei a compor música.” Ele admitiu que colaborar diretamente com Yamaoka em um projeto era “um sonho meu”. Por sua vez, Yamaoka disse que a oportunidade de colaborar com outro compositor, ao invés de trabalhar sozinho, o atraiu para o projeto.

Com The Medium oferecendo aos jogadores acesso a dois mundos separados, mas conectados ao mesmo tempo, ter dois compositores trabalhando juntos para pontuar o jogo ajuda a dar a cada realidade sua própria textura. “Há momentos em que você vê duas telas ao mesmo tempo no The Medium, então você pode ver o mundo espiritual e o mundo real simultaneamente”, disse Reikowski. “A música vai coexistir entre os dois mundos.

“O áudio – especialmente o áudio espacial – nos consoles da próxima geração é muito poderoso”, disse Reikowski, “então com os sons e a música, o que os jogadores ouvirão será realmente envolvente.” Ele acredita que este sistema não funcionaria sem a tecnologia mais recente. “Temos dois ouvintes, temos dois mundos, então é basicamente como se tivéssemos dois jogos sendo jogados simultaneamente“, disse ele. “Portanto, existem alguns truques e truques que não seriam possíveis sem a tecnologia por trás do sistema de áudio que temos agora.”

Com décadas de experiência, Yamaoka sabe o que o público espera do áudio de um jogo de terror. “Existem maneiras de usar o som que são padrão agora, não apenas em jogos de terror, mas também em filmes de terror”, disse ele. Em vez disso, ele e Reikowski buscaram um “tipo de som mais interativo, que tornaria a história ainda mais assustadora”. Reikowski explicou como seu trabalho adiciona outra camada à experiência de videogame. “Eu diria que a música é como legendas adicionais para uma cena”, disse ele.

Reikowski elogiou muito o trabalho anterior de seu colaborador e os jogos de terror japoneses em geral. “Acho que uma das razões pelas quais o terror japonês é tão popular entre os jogadores ocidentais é que tudo se resume à psicologia e a coisas como a intimidade”, disse ele, observando como Silent Hill 2 era um jogo sobre a luta pessoal de apenas um homem . “A maior parte da música de terror é genérica – Hollywood conquistou o mundo fazendo cordas assustadoras, orquestras”, disse ele, “mas o trabalho de Yamaoka-san em Silent Hill é realmente sutil e íntimo, é muito diferente – e isso ainda é verdade hoje.”

IGN

Outros trailers

https://www.youtube.com/watch?v=tTAz758Vt88 https://www.youtube.com/watch?v=Bi8nECXlo6Y https://www.youtube.com/watch?v=1_NloIWwAkA

Screenshots

Concept Art

Fontes: IGN | The Medium Game | IGN

Local

Microsoft
Av. Presidente Juscelino Kubitscheck, 1.909 - Torre Sul - 16° anda
São Paulo, 04551065 Brasil
+ Google Map
Website:
http://www.microsoft.com/brasil

Organizador

Microsoft
Website:
https://www.xbox.com/pt-BR/xbox-game-pass

Deixe uma resposta