Anime Resenha: Erased (Boku dake ga Inai Machi)

Compartilhe o amor

Lembro quando o mangá Erased chegou ao Brasil e fui fisgada pela capa, quem nunca? Fato é que acabei não lendo o mangá, mas ontem graças ao Crunchyroll comecei a assistir ao anime e finalmente fui fisgada logo no primeiro episódio. Tem sido difícil achar animes que cativem logo no início. Erased, ou Boku dake ga Inai Machi, é um desses animes.

Erased é um anime curtinho com apenas 12 episódios, cada um com mais ou menos 23 minutos, e está disponível no Crunchyroll. O mangá de Erased foi publicado no Brasil pela editora JBC, com 9 volumes, e o live action está disponível na Netflix, com 12 episódios, então se você se empolgar com Boku dake ga Inai Machi terá muito material disponível para mergulhar nesse universo.

Sinopse

Satoru Fujinuma é nosso protagonista. É um adulto de 29 anos que sonha em ser mangaká, mas enquanto não realiza seu sonho trabalha como entregador de pizza. Satoru leva sua vida sem grande entusiasmo apesar de conseguir voltar no tempo por 1 ou 5 minutos, normalmente para evitar que algo ruim aconteça.

História com spoilers

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Satoru

Satoru Fujinuma ainda não conseguiu emplacar como mangaká porque não consegue aprofundar na própria história que está criando e na sua própria história como ser humano. Traumatizado por se sentir culpado pelo assassinato de uma colega de classe quando ele era apenas uma criança com 11 anos, Satoru cresceu soterrando as memórias traumáticas de sua infância.

Não é particularmente amigo de ninguém e vive sem grande entusiasmo pela vida. Apesar de conseguir voltar no tempo por 1 ou 5 minutos, normalmente para evitar que algo ruim aconteça.

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo borboleta azul

Antes do fenômeno de voltar no tempo acontecer, e batizado por Satoru de Revival, aparece sempre uma borboleta azul brilhante. Depois que a borboleta aparece Satoru volta no tempo e começa a procurar o que está diferente, estranho, a fim de evitar que algo ruim aconteça, pelo menos normalmente ele evita que alguma tragédia aconteça, mesmo que se machuque para conseguir seu intento. Ele poderia se sentir uma ótima pessoa e ser feliz, mas Satoru ainda não chegou nesse ponto.

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Satoru heroi

Bom, logo no início do primeiro episódio ele salva um garotinho e fica em coma por dois dias por bater de frente com um carro.

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Satoru airi hospital

Airi Katagari é o oposto do Fujinuma e é mais otimista, além de sempre acreditar nas pessoas. E é uma das poucas pessoas que Satoru tem contato na sua fase adulta, apesar de não serem amigos.

“Eu sinto que se você repetir uma palavra várias vezes, um dia ela vai se tornar real.”

“Eu percebi que acreditar nas pessoas era meu ponto forte.”

Mas o foco do anime não é ficar voltando alguns minutos e salvando pessoas. Satoru vai voltar até o ponto de sua infância não só para salvar seus colegas assassinados, mas também para salvar sua mãe, Sachiko Fujinuma.

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Sachiko Fujinuma

Por alguma razão o relacionamento de Satoru com sua mãe se desgastou ao longo dos anos e sua viagem no tempo vai servir para que ele lembre como era o relacionamento dos dois, valorize a mãe e sem mencionar que a mãe dele é completamente fodástica no desenho e tem um papel bem ativo.

Voltando a infância Satoru além de tentar impedir os assassinatos também vai melhorar o relacionamento com seus amigos e criar vínculos mais duradouros.

O anime também tem momentos de rara beleza.

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo kayo e satoru arvore de natal

Momentos de sensibilidade e amizade

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Kayo

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Sachiko Fujinuma Satoru kayo

Momentos de apertar o peito e chorar

Erased Boku dake ga Inai Machi a cidade onde só eu não existo Kayo e satoru sachiko

Erased vai tratar o tema de abuso infantil com seriedade, muito embora também suavize o tema, de modo a tornar o anime possível de ser visto.

Notas

Mangá de Erased, a cidade onde só eu não existo

manga erased Boku dake ga Inai Machi

A editora JBC trouxe para o Brasil esse mangá que bom a julgar pelo anime promete. Foram 9 volumes publicados no país.

Capas nacionais:

Música – Álbum Spotify

Abertura/Opening

Abertura dublada

Encerramento/Ending – Legendado

Encerramento dublado

Conclusão

Erased é um anime que te prende do início ao fim. É sensível e ao mesmo tempo impactante. Considerando que temos muitas obras com o tema de viagem no tempo Erased consegue se destacar e se firmar. O assassino não é muito difícil de descobrir, mas isso não torna o anime menos interessante. Prepare-se para chorar porque também é emocionante.

Outro anime bom sobre viagem no tempo é A garota que conquistou o tempo, ou Toki o Kakeru Shoujo em japonês, disponível na Netflix.

Um bom jogo com o tema de viagem no tempo é Life is Strange.

Erased (Boku dake ga Inai Machi)

0.00
9

História

9.0/10

Sons

9.0/10

Arte gráfica

9.0/10

Personagens

9.0/10

Diversão

9.0/10

Pros

  • Temas fortes tratados de forma séria e sensível
  • Empolgante

Cons

  • Descobrir o assassino não foi exatamente um grande mistério

Deixe uma resposta